quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Novo e-mail


Informa-se que o NAFAN têm um novo endereço de E-mail que susbstitui o anterior nafan2015@hotmail.com.


           nafan2018@hotmail.com


terça-feira, 9 de outubro de 2018

Encontro Nacional de Árbitros Jovens



Decorreu no passado fim de semana em Braga o Encontro Nacional de Árbitros Jovens.

O Conselho de Arbitragem da A.F. Beja esteve representado pelos árbitros Ricardo Graça, Ivan Martins, Leo Alves, Leandro Guerreiro e Miguel Ramos que foram acompanhados pelo Presidente do C.A. Luis Cabral e Manuel Custódio da Comissão Técnica.

De realçar o brilhante desempenho do nosso associado Ricardo Graça o qual ficou em 4º lugar entre mais de 100 participantes.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Newslleter APAF

A Direção da APAF vem, por este meio, desejar as maiores felicidades aos Orgãos Sociais, recentemente empossados, do Núcleo de Árbitros de Futebol Armando Nascimento de Beja, do Núcleo de Árbitros de Futebol da Guarda, do Núcleo de Árbitros de Futebol de Porto de Mós e do Núcleo de Árbitros de Futebol Albicastrenses.

terça-feira, 2 de outubro de 2018

PROVAS ÁRBITROS FUTSAL A.F. BEJA

Decorreram no passado fim de semana as 1ª provas Classificativas da época para os árbitros de Futsal da A.F. Beja.




























sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Resultado das Eleições


Decorreu ontem a A.G. com vista á eleição dos Orgãos Sociais para o próximo biénio.

Compareceram 20 sócios eleitores sendo eles:

1 - João Crujo
2 - José Teodósio
7 - Edgar Gaspar
8 - Pedro Crujo
11 - Fábio Carapuça
12 - Cristiano Bexiga
13 - Hugo Simão
14 - Adão Henriques
15 - José de Sá
17 - Jorge Fontes
18 - João Martins
19 - Emanuel Camilo
37 - Mário Burrica
38 - Ricardo Diogo
49 - Luís Ralha
64 - Jorge Sousa
69 - Jaime Vieira
70 - Luís Diogo
73 - Rute Ferreira
74 - Miguel Figueiredo

Após a abertura da Urna foram contados os votos e foi publicado o resultado da votação pelo presidente da Assembleia Geral na presença dos Candidatos à Presidência da Direcção de ambas listas.





Com um percentagem de 60% contra 40% foi eleita a Lista A

Seguir-se-á a tomada de posse da nova Direcção em cada a acordar.

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Listas Candidatas

Serão estas as duas as listas candidatas aos Orgãos Sociais em votação no dia 20/09/2018

Lista A

Assembleia Geral;
Presidente: José Teodósio Q.Q.
Secretário: Jorge Fontes
2º Secretário. Francisco Pereira

Direcção;
Presidente. José de Sá
Secretário: Emanuel Camilo 
Tesoureiro. Rute Ferreira
Vogal: Luís Diogo
Vogal: Adão Henriques
Suplente: Ricardo Diogo
Suplente: Miguel Figueiredo

Conselho Fiscal;
Presidente: Fábio Carapuça
Secretário: Mário Burrica
Relator: Mário Janeiro 


Lista B

Assembleia Geral: 
Presidente - João Barbeiro
Secretário - João Crujo
2º Secretário - Hugo Simão

Direcção:
Presidente - Pedro Crujo
Secretário - Filipe Gomes
Tesoureiro - Artur Janeiro
Vogal - João Martins
Vogal - Cristiano Bexiga
Suplente - Jorge Sousa
Suplente - João Sousa

Conselho Fiscal:
Presidente - Vitor Rocha
Secretário - António Pardal
Relator - Luís Ralha 

terça-feira, 11 de setembro de 2018

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Demissão da direcção



Exmo. Sr. Presidente da Mesa da Assembleia Geral  do Nucleo de Arbitros de Futebol Armando Nascimento,

Eu, Daniel Filipe da Cruz Lança (sócio nº 9) a desempenhar as funções de presidente de direcção, venho por este meio apresentar o meu pedido de demisão.

Aproveito para esclarecer que o meu pedido de demissão é resultante de uma questão de motivos de ordem pessoal e profissional.

Saio com um sentimento de não me ter sido possível realizar e concretizar todos os objectivos propostos pelos motivos referidos acima.

Foi, de facto, uma vivência da qual nunca me esquecerei e da qual não estou minimamente arrependido, mas a vida por vezes transforma-se, surgindo circunstancias que nos empurram a fazer determinadas opções em detrimento de outras.

Aproveito para desejar a todos os sócios e colegas que apoiaram esta nossa candidatura as maiores felicidades.

Com os meus melhores cumprimentos e até sempre!

Daniel Lança

Beja, 24 de Agosto de 2018

sexta-feira, 16 de março de 2018

Arbitro do mês de Março - César Leitão







Dados Pessoais

Nome e idade?
César Leitão, 30 anos          

Estado civil?
Solteiro

Qual a tua actividade profissional?
 Secretario administrativo e Mediador de Seguros.

Existe outra profissão que gostasses de exercer?
Neste momento não

Cidade de nascimento, local onde moras e onde gostarias de viver? 
Nasci em Beja, Vivo em Aldeia de Palheiros, gosto de viver onde moro

Gostos pessoais

Qual a tua viagem de sonho?
Nova Iorque

Que passatempos é que tens?
Arbitragem e Futebol

Gostas de artes (cinema, literatura, música, escultura, etc.)? O que recomendas?
Gosto muito de ver filmes. Recomendo a minha serie preferida Walking Dead

Curiosidades

À mesa: Qual a iguaria que mais te agrada?
Carne de Porco Alentejano Grelhada

Uma Mulher que consideres. Porquê?
A minha mãe. Mãe é a mulher da nossa vida

Um Homem que consideres. Porquê?
O meu pai, pai é o homem da nossa vida.

Quais tuas maiores qualidades?
Ser simpático e calmo.

E teus maiores defeitos?
Um pouco teimoso

Se encontrasses uma Lâmpada de Aladino, quais seriam teus 3 desejos?
Muita saude para todos os que gostam de mim

Qual o teu clube do coração?
O Palheirense, clube da minha Aldeia

Praticaste algum desporto federado?
Sim, joguei futebol no Ourique D.C.

Arbitragem

Como vieste parar á arbitragem?
Vim parar á arbitragem por um convite de um antigo arbitro da nossa associaçao para ser arbitro assistente dele na Inatel e assim começou este bichicho por esta causa.

Há quantos anos és arbitro e em que categoria estás?
14 anos e sou neste momento Arbitro C2

Qual o teu primeiro jogo?
O meu 1º jogo so me lembro que foi Benjamins em Almodovar.

Qual a tua melhor classificação?
A melhor classificação foi em 2015/16 que fiquei em 1º Lugar na A.F. Beja

O que esperas no futuro da tua carreira de árbitro?
Espero fazer melhor ou se não for possível manter-me onde estou neste momento.

Partilha uma história que te tenha acontecido na arbitragem?
Uma vez em Castro Verde, fui apontar os cartões nas Mod.143 ao intervalo. Na 2ª parte quando ia mostrar um cartão amarelo não o tinha, e lá tive que ir ao Arbitro Assistente André Baltasar para me dar.

Um conselho aos árbitros jovens?
Muito trabalho e algum esforço porque sem esforço nao vamos a lado nenhum.

Nomeia um colega para ser o entrevistado do próximo mês.
O meu colega António João Guerreiro


terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Arbitro do Mês Fevereiro - André Baltazar



                                                                                     (André Baltazar ao centro)


Dados Pessoais

Nome e idade?
André Baltasar, 31 anos

Estado civil?
Solteiro e bom rapaz

Qual a tua actividade profissional?
Técnico Administrativo na Santa Casa da Misericórdia de Ourique

Existe outra profissão que gostasses de exercer?
Neste momento não, pois estou a exercer para a qual estudei.

Cidade de nascimento, local onde moras e onde gostarias de viver? 
Nasci em Beja, neste momento vivo em Santa Luzia.

Gostos pessoais

Qual a tua viagem de sonho?
México

Que passatempos é que tens?
Ver futebol, ver futebol e ainda ver futebol.
Gostas de artes (cinema, literatura, música, escultura, etc.)? O que recomendas?
Não sou apreciador!!

Curiosidades

À mesa: Qual a iguaria que mais te agrada?
Polvo a Lagareiro

Uma Mulher que consideres. Porquê?
A minha avó, pois estou com ela desde sempre!

Um Homem que consideres. Porquê?
O meu avô e o meu pai por razões óbvias!

Quais tuas maiores qualidades? E teus maiores defeitos?
Qualidades a minha sinceridade e a minha simpatia, defeitos são bastantes mas fico me por a teimosia.

Se encontrasses uma Lâmpada de Aladino, quais seriam teus 3 desejos?
Ficava me por um desejo, saúde para todos nós, pois o resto vem por acréscimo e sem saúde …..

Qual o teu clube do coração?
Grupo Desportivo de Santa Luzia

Praticaste algum desporto federado?
Não

Arbitragem

Como vieste parar á arbitragem?
Por influencia do António Guerreiro e do César Leitão, pois eles já apitavam no Inatel e na altura que surgiu a oportunidade de tirar o curso nós estudávamos juntos e eles convenceram me a avançar, mas nunca me passou por a cabeça ser arbitro de futebol, pois como todo o adepto comum eu era um critico acérrimo!

Há quantos anos és arbitro e em que categoria estás?
14 anos de arbitragem, neste momento sou C3 Elite

Qual o teu primeiro jogo? Quem eram os colegas?
Foi um jogo de Juvenis em Odemira, o arbitro desse jogo foi o Benedito de Aljustrel, o outro colega já não me recordo ambos retirados, como arbitro o meu 1º jogo foi um São Domingos – Ficalho para a 2ª Divisão Distrital com os colegas Silvério Albino e António Guerreiro e com observação!

Qual a tua melhor classificação?
Felizmente tenho algumas das quais me orgulho em especial a nível distrital, mas a melhor foi um 27º lugar na finda 3ª divisão Nacional num quadro composto por 150 árbitros e sendo este o meu ano de estreia como árbitro a nível nacional o que me garantiu na altura a subida á 2ª Divisão Nacional.

O que esperas no futuro da tua carreira de árbitro?
Desfrutar jogo a jogo e acima de tudo divertir-me!

Partilha uma história que te tenha acontecido na arbitragem?
Felizmente tenho varias em especial com o António Guerreiro e o César Leitão, dava para escrever um livro, recordo me de um jogo em Mértola de Iniciados num domingo de manha, em que o arbitro desse jogo foi o César, quando estamos formados ele jogou a mão ao bolso e não tinha o apito para a saudação, e os AAS também não tinham levado, então lá teve o rapaz de ir ao balneário buscar o apito enquanto nós ficamos formados.

Um conselho aos árbitros jovens?
Faço das palavras do Miguel as minhas, trabalho e dedicação mas nunca esquecendo os estudos pois apesar de gostarmos bastante da arbitragem não passa de um “passatempo”.

Nomeia um colega para ser o entrevistado do próximo mês.

Nomeio o meu melhor amigo, César Leitão.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Arbitro do Mês Janeiro - Miguel Figueiredo


O NAFAN dá aqui inicio ao projecto "Arbitro do mês". 
Uma entrevista informal que visa dar a conhecer melhor os árbitros seus associados.

Devido a esta ser a primeira publicação, houve alguns problemas técnicos a resolver pelo que a sua publicação chega com alguns dias de atraso.
Doravante esperamos publicar sempre no mês corrente.
O arbitro entrevistado irá "nomear" o próximo colega.

Então vamos conhecer o Miguel



Dados Pessoais

Nome e idade?  
Miguel Figueiredo 33 anos 

Estado civil?  
Solteiro 

Qual a tua actividade profissional?  
Médico Veterinário - Delegado comercial de medicamentos veterinários.  

Existe outra profissão que gostasses de exercer?  
Neste momento não! Gosto do que faço. Em pequeno gostava de ter sido piloto de aviões! Ahah 

Cidade de nascimento, local onde moras e onde gostarias de viver?  
Nasci em Lisboa, mas fui criado em Setúbal. Tirei o curso em Lisboa onde vivi 7 anos e depois vim viver para o Alentejo, mais concretamente para Castro Verde. Neste momento vivo em Beja. Gostava de viver mais perto do mar, mas por agora a conjuntura pessoal e profissional não o permite.  

Gostos pessoais

Qual a tua viagem de sonho?  
Gostava de ir à Austrália! Penso que é um país fantástico com muitas maravilhas naturais e onde o Homem soube integrar-se sem "estragar" muito. 

Que passatempos é que tens?  
Gosto de passear ao ar livre, na natureza e normalmente acompanho-me com o meu fiel amigo, o meu cão. Adoro pescar, mas tenho ido cada vez menos pois Beja está um pouco longe do mar...  

Gostas de artes (cinema, literatura, música, escultura, etc.)? O que recomendas? 
Sou viciado em filmes e séries. O meu filme favorito até hoje foi o Braveheart e série Guerra dos Tronos (já estou ansioso pela próxima temporada!) 

Curiosidades 

À mesa: Qual a iguaria que mais te agrada? 
Gosto muito de comida típica alentejana, provavelmente favas será o número 1!

Quais tuas maiores qualidades? E teus maiores defeitos? 
Sou muito calmo... Raramente fico nervoso... Penso também que sou simpático e essa é uma qualidade que me reconheço. Defeitos são alguns, mas o maior penso que seja o ser desleixado/desarrumado. “Amanhã logo se faz”... Ahah


Se encontrasses uma Lâmpada de Aladino, quais seriam teus 3 desejos? 
Neste momento os meus desejos são todos a favor do meu filho que está para nascer brevemente. Nada de muito concreto mas desejo que corra tudo bem!


Qual o teu clube do coração? 
 É o Vitória de Setúbal! 

Praticaste algum desporto federado? 
Sim, pratiquei natação no Clube Naval Setubalense durante 11 anos e joguei futebol nos Juvenis do extinto clube Bairro do Liceu em Setúbal. Já na Faculdade, fiz parte da equipa de futebol onde disputei o campeonato universitário de Lisboa. 

Arbitragem 

Como vieste parar á arbitragem? 
Um pouco por acaso. Estava no estágio de mestrado do meu curso e tinha algum tempo livre. Um amigo do meu irmão desafiou-o e eu fui por arrasto mas com muita curiosidade. Gostei e atrevi-me a continuar

Há quantos anos és arbitro e em que categoria estás? 
Sou árbitro desde 2009. Neste momento sou C3. Sou também árbitro de Futebol de Praia que me dá muito prazer arbitrar.

Qual o teu primeiro jogo? Quem eram os colegas? 
O meu primeiro jogo foi um jogo de iniciados em Grândola entre o Grandolense e o Almada. Fiz o jogo com o Rui Ramos e Acácio Guedes. Nessa mesma tarde estreei-me em Seniores no Santiago do Cacém contra o Amora, logo um jogo de grande responsabilidade. Com esses dois colegas fizemos muitos jogos juntos, cerca de 5 épocas fantásticas.

Qual a tua melhor classificação?
Fiquei classificado em 1º lugar no Distrito de Setúbal, sendo então promovido ao Estágio da FPF. Na seguinte época fiquei em 11º do Estágio e ascendi a C2. Depois desci directamente para o distrital e o tombo é muito grande...

O que esperas no futuro da tua carreira de árbitro? 
Neste momento a minha ambição é sentir-me realizado jogo a jogo. Fazer o melhor no momento e divertir-me acima de tudo. Mas sempre com a responsabilidade que a função acarreta.

Partilha uma história que te tenha acontecido na arbitragem? 
Já tive muitas aventuras na arbitragem, algumas das quais não são reproduzivéis!
Recordo-me de num jogo, enquanto árbitro assistente, estranhei o árbitro interromper sem motivo aparente. De seguida vejo-o a dar um sprint na direcção do balneário e enfiar-se lá dentro. Todos ficámos surpreendidos e sem perceber o porquê. Eu que era o AA mais perto do balneário fui ao seu encontro indagar a situação. Tinha tido uma cólica e estava na casa de banho a sofrer! Conseguiu recompor-se e voltar para o campo e retomar o jogo mas não se livrou de um gozo geral e uma história para a vida de quem assistiu aquela cena mirabolante.

Um conselho aos árbitros jovens? 
Levem os jogos com responsabilidade, preparando-se o melhor possível. Refiro-me a Leis de Jogo e estar bem fisicamente. Mas não se iludam e não se desleixem na escola ou no trabalho, nem com a família ou amigos pois no final de contas a arbitragem é apenas um hobbie! 

Nomeia um colega para ser o entrevistado do próximo mês. 
Passo a bola ao meu amigo André Baltazar que trata a bola como ninguém!